quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

há uma primeira vez para tudo

é o que dizem.

Nunca fiz um post sobre carros, depois de um ano com tanta conversa achei que devia ser um assunto a abordar. Estamos numa era 'retro', dos produtos 'vintage', até o que sempre foi piroso agora é apelidado de 'Kitsch', sendo que na maior parte das vezes nem se sabe bem o que quer dizer. Voltando ao assunto que me trouxe aqui, o dos automoveis; desde pequena que tenho um fascinio absoluto pelo carro que era conduzido pelo james dean, litle bastard, pelo carro ultilizado por steve mcqueen (que por sinal, assim como o jimmy, era louco por carros e motas de competição e corrida) nas perseguições mais famosas do cinema e por fim aquela maravilhosa carrinha da volvo, sem uma única linha curva.

Podia ser isto o post. Agora punha aqui umas fotos maravilhosas destes carros, de preferência ao lado de alguns dos icons associados a cada um dos veiculos mas não, não é isto. Venho partilhar convosco que descobri que ainda não tinha conhecido O carro. Aquele que foi feito a pensar em pessoas que têm as minhas referências estéticas (e digo estéticas porque nas outras sou uma perfeita ignorante). É um carro que foi feito entre 1961 e 1063. Associava muitas das caracteristicas de alguns carros de corrida vencedores ao carro comum. Conseguiu-se assim um carro que, nas versões coupé e roadster, atingia os 240 km/h. Um objecto onde tudo era motivo de destaque; desde a estrutura leve, aos travões a disco nas quatro rodas, suspensão independente... foi um automóvel que deu muito trabalho à concorrência, até ter sido retirado em meados dos anos 70, e que mais uma vez pôs a Jaguar num papel de top na industria automovel.
Agora sim ficam umas fotos e deliciem-se: Jaguar Type E
(estão imensos à venda, basta uma busca rápida na internet...um bom presente de natal...fica aqui a dica da semana!)

5 comentários:

mike disse...

Post surpreendente, Corine. E deliciei-me, claro. E escolheu um ícone automóvel apenas para apreciadores e conhecedores. Parabéns. :D
(Ah, a escolher, queria o preto, esperando que fosse um V12).

Madame Giselle disse...

o Jaguar é considerado o pior, dos melhores

mas não deixa de ser um carro lindo

Corine disse...

pois MG, e é pior ou não tanto se me dá...até por que aqueles que serão utilizados para estabelecer essa comparação serão já de 'top' com toda a certeza mas, ainda assim e como disse logo no rranque deste port, é o objecto pelas suas linhas, o seu equilibrio.

fiquei sierada...hehe...


ando muito sensivél a coisas bonitas e agradaveis, acho que é o desejo de me ver rodeada de coisas com que me identifique

Corine disse...

obrigado Mike, fico muito contente que alguém, com o bom gosto que já demonstrou ter por diversas vezes, partilhe comigo estes deslumbramentos.

(a big, big smile)

Madame Giselle disse...

Não será fácil rodeares-te de jaguares. Mas tudo é possivel. Espero que o consigas.

Se não me expliquei bem, eu tb disse que era um carro lindo, mas talvez tenha escapado esta parte.

Não deixa de ser considerado o pior, dos melhores claro.