sexta-feira, 7 de novembro de 2008

'For your eyes only'

Ao que parece o nosso James Bond surge à imagem de um tal Sir John Bond, homem do século XVII que ficou conhecido por estar nos locais errados à hora errada. Criou para a sua famila o lema 'Non sufficit orbis' (o mundo não é o bastante - the world is not enough). Os Bond são originários da terra onde Ian Fleming estudou e onde a história desta familia aristocrata é muito conhecida . Utilizou pela primeira vez nos seus livros esta frase no 'Ao serviço de sua majestade' e mais tarde vem a ser titulo de um filme, já com Pierce Brosnan no papel do herói.

'For
your
eyes
only'
foi o oitavo romance de Fleming, retrata a relação cruel e amarga de um casal em colapso. Do autor diz-se que cria a personagem de 007 como fuga a uma situação pessoal em parte semelhante, como que um alter-ego. As semelhanças entre o nosso heroi e o escritor são várias; ambos orfãos, frequentaram as mesmas escolas, fumam e bebem como verdadeiros viciados, um gosto refinadíssimo por mulheres e luxos, e por trás de tudo isto escondem uma enorme angustia e imensos problemas existenciais.

QUANTUM OF SOLACE segundo li e percebi, numa tradução um pouco rigida, significará uma 'medida de conforto' uma expressão para um estado de alma reconfortado, amparado e relaxado. Já se começa a antever esta viragem nas histórias ,no fim de Casino Royal, onde a preocupação do herói em encontrar justiça e paz marca o fim do filme. Quantum of solace, segundo os entendidos, deverá ser visto como uma sequela e não como uma história independente. Com todas as novidades apresentadas na realização, nos actores, guarda-roupas e adereços, efeitos e caracterizações a actualidade de temas e universos é mais fiel que nunca aos explorados por Ian Fleming nos seus livros.

Uma inquietação e algum cansaço pela vida levada até então, levam Ian Fleming a criar uma personagem inspirada numa época bem distante, que consegue retratar de uma maneira bem particular e actual a condição humana, mantendo-se intereessante e envolta em mistério até aos dias de hoje.

Domingo parece-me ser o dia indicado para ver este filme!!!

2 comentários:

mike disse...

Bom filme, Corine. Depois conte-nos, que 007, eu só sob ameaça. :-)

Corine disse...

pois é mike, ainda não foi este domingo...Fiquei-me por um magusto pouco convencional mas, um magusto (pelo menos havia castanhas envoltas em papel de jornal...;))!