segunda-feira, 21 de abril de 2008

Escada sem corrimão

É uma escada em caracol

E que não tem corrimão.

Vai a caminho do sol

Mas nunca passa do chão.

Os degraus, quanto mais altos,

Mais estragados estão,

Nem sustos nem sobressaltos

Servem sequer de lição.

Quem tem medo não a sobe,

Quem tem sonhos também não.

Há quem chegue a deitar fora

O lastro do coração.

Sobe-se numa corrida,

Corre-se p'rigos em vão.

Adivinhaste: é a vida

A escada sem corrimão.
David Mourão-Ferreira, por Camané em 'Esta Coisa da Alma'

2 comentários:

Freak n'Chic disse...

É de facto um grande Senhor o "nosso" Cámané. À interpretação única junta-se bons compositores e, claro, os poetas. Neste caso o segredo do sucesso é mesmo a qualidade.

O fadista tem um novo CD. Fresquinho, fresquinho... Estarei atento!

coine disse...

um novo cd que é lançado e um concerto no Coliseu dos Recreios....

Há que estar duplamente atentomeu caro!!!!!